Notícias>
Publicado em 21/05/2009

Feng Shui Arte milenar para harmonizar ambientes

O começo dessa filosofia, de cerca de 3 mil anos, se deu pelo estudo e avaliação geográfica da paisagem

Feng Shui é uma antiga arte chinesa que busca a harmonia dentro de um determinado ambiente, através dos cinco elementos da Astrologia chinesa e o equilíbrio do Yin e Yang. Essa harmonia é alcançada através da energia Ch'i, que é a força universal da vida. Quanto mais energia Ch'i existir em um ambiente, mais equilibrado e harmonioso ele vai ficar. A filosofia virou moda por aqui, que é aplicada em escritórios, casas, objetos de decoração e até em coleções de roupas.   História O começo dessa filosofia, de cerca de 3 mil anos, se deu pelo estudo e avaliação geográfica da paisagem e o modo como ela influenciava a vida das pessoas que moravam nesse ambiente. Hoje conhecemos essa primeira forma de estudo como a Escola da Forma. Depois da invenção da bússola, o Feng Shui se tornou mais personalizado, e uma nova escola surgiu, a Escola da Bússola. Hoje, existem outras escolas, algumas até antagônicas e a polêmica se instaura entre os praticantes dessa arte. '''Feng Shui'' é um termo de origem chinesa, cuja tradução literal é ''vento e água''. Sua pronúncia correta em mandarim é "fon xuei". Os ideogramas ''Feng'' e ''Shui'' (respectivamente ''Vento'' (yang) e ''Água'' (yin)) representam o conhecimento das forças necessárias para conservar as influências positivas que supostamente estariam presentes em um espaço e redirecionar as negativas de modo a beneficiar seus usuários. Constatando que certos tipos de vibrações presentes no ambiente e em seu entorno poderiam agir de modo benéfico para o corpo e a mente, enquanto que outros tipos tenderiam a ser prejudiciais, compreenderam a importância de estudar como situar as edificações, móveis e objetos da maneira mais adequada para favorecer seus usuários, segundo esta interpretação da natureza. Segundo as idéias pregadas pelo Feng Shui, quando as pessoas buscam este equilíbrio com as forças benéficas da Natureza, podem gozar de saúde, boa sorte e prosperidade. Da mesma forma que o Acupunturista diagnostica os bloqueios na circulação de energia de um paciente e aplica finas agulhas em uma parte do corpo para curar uma outra parte ou órgão, o consultor de Feng Shui detecta as supostas influências visíveis e invisíveis em um ambiente e recomenda curas em uma área particular do imóvel que são capazes de alterar as características da circulação de energia no todo. Não há, entretanto, provas científicas da existência de tais influências "visíveis e invisíveis" nos ambientes contruídos. :* O primeiro objetivo do Feng Shui é guardar e preservar as boas influências disponíveis no lugar de modo a permitir que permaneçam e se distribuam suavemente pela edificação.   O Feng Shui trabalha cada ambiente em dois diferentes níveis: o visível e o invisível. '''O aspecto visível''' se refere a tudo que podemos ver, as diversas formas que estruturam cada espaço e as relações aparentes entre elas. Sua observação pode indicar o que está errado num determinado ambiente, por exemplo, são considerados nocivos: a porta principal alinhada com a porta dos fundos; a escada alinhada à porta de entrada; ou objetos pontiagudos ou de aparência desagradável na direção de portas ou janelas. Estas características são relativamente fáceis de remediar, segundo os consultores, com freqüência o tratamento conduz a resultados efetivos.   '''Os aspectos invisíveis''' são considerados pelos praticantes desta arte até mesmo mais importantes que os aspectos visíveis. Somente os métodos mais elaborados do Feng Shui são capazes de detectar as influências invisíveis de uma edificação. Estas características explicam porque intuitivamente sentimos alguns ambientes ou locais como ?ruins? e outros como ?bons?.  
Acompanhe as notícias e fique por dentro dos acontecimentos da A.Yoshii.
Sede A. Yoshii - 43 3371-1000 AYA.Yoshii Engenharia
Av. Maringá, 1050 - Centro
CEP 86060-000 - Londrina - PR
Desenvolvedor Sub100A.Yoshii Engenharia © 2011. Todos os direitos reservados.