Novos
04/03/2024

Projeto incentiva leitura entre trabalhadores da construção civil 3 2024

O brasileiro lê pouco? Segundo a 5ª edição da pesquisa “Retratos da Leitura no Brasil”, realizada pelo Instituto Pró-Livro (IPL), indica que a quantidade de leitores no país caiu de 56% em 2015 para 52% em 2019. Os dados ainda revelaram, portanto, que o país perdeu cerca de 4,6 milhões de leitores em quatro anos, principalmente das classes A e B, com Ensino Superior, e menores de idade entre 11 e 17 anos. Também, o levantamento que aborda o déficit de leitura revelou que o brasileiro tem uma média anual de 4,96 livros lidos por habitante. Desses, apenas 2,43 são lidos do começo ao fim.

Para contornar esse cenário, o Instituto A.Yoshii, entidade sem fins lucrativos que tem o intuito de fomentar ações relacionadas à educação, meio ambiente e cultura, promove o Canteiro da Leitura, uma iniciativa de construir pequenas bibliotecas dentro dos canteiros de obras do Grupo A.Yoshii para disponibilizar kits de livros, revistas e gibis como meio de incentivar o hábito da leitura entre os colaboradores e seus familiares.

Fortalecendo ainda mais a repercussão e abrangência do projeto, a ONG acaba de anunciar a inauguração de mais dois Canteiros da Leitura: em uma obra corporativa do Hospital da UNIMED, em Londrina (PR), e no canteiro do empreendimento residencial Atmosphere, localizado em Maringá (PR). As novas bibliotecas impactarão 200 colaboradores entre diretos e terceirizados que, com livre acesso às obras literárias, encontram no ambiente de trabalho um novo incentivo à leitura.

Projeto de leitura leva conhecimento para canteiros de obras

Implementada em julho de 2021 em Londrina, a bem-sucedida iniciativa já atingiu a marca de vinte Canteiros da Leitura no Paraná e São Paulo, nas cidades de Londrina, Maringá, Porto Amazonas, Capivari e agora em Curitiba. Ao todo, o projeto já impactou positivamente mais de 2 mil trabalhadores da construção civil. “Nessas bibliotecas construídas nos canteiros de obra, disponibilizamos mais de 200 exemplares, entre livros, revistas e histórias em quadrinhos, que podem ser lidos nos intervalos de trabalho ou em casa, incentivando a leitura em família. A ideia é disponibilizar um ambiente atrativo e aconchegante, onde os colaboradores tenham acesso a livros e revistas. O projeto não é itinerante e permanecerá nos locais durante toda a execução da obra”, explica o presidente do Instituto A.Yoshii, Aparecido Siqueira. Os colaboradores ainda são incentivados a levar os exemplares para casa, para compartilhar com a família, ampliando ainda mais a abrangência da iniciativa.

Cultura, Educação e Meio Ambiente

Além do incentivo à leitura, o projeto Canteiro da Leitura traz um conceito sustentável, já que a maior parte do mobiliário desses espaços são montados a partir de resíduos da construção civil. “Materiais como lonas, madeiras, canos de pvc, entre outros, servem de matéria-prima para a construção de bancos, cadeiras, mesas, prateleiras e luminárias. Este projeto reforça a missão do Instituto A.Yoshii em ser um agente transformador da sociedade, pautado principalmente nos pilares da Cultura, Educação e Meio Ambiente. Nos próximos meses, planejamos inaugurar mais dois Canteiros em Jandaia do Sul e Maringá, totalizando 21 bibliotecas”, finaliza Siqueira.  

OUTRAS NOTÍCIAS


  • Estilo

    14/05/2024

    Estilo de vida que integra conforto e bem-estar à arquitetura

    Arquiteta da A.Yoshii explica o uso do estilo "desacelerado" nos novos empreendimentos e na decoração

  • Maringá

    07/05/2024

    Maringá ganha novo empreendimento na Avenida Guedner

    Novo lançamento da A.Yoshii, apresenta arquitetura contemporânea em localização privilegiada

  • Adegas

    18/04/2024

    Adegas residenciais ganham mais espaço

    Espaços para coleção de vinhos se tornam aliados na hora de compor a decoração

  • Construções

    17/04/2024

    Construções verdes residenciais crescem 40%

    Ações tornaram-se diferencial competitivo no segmento

VER TODOS
Precisa de Ajuda?